Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Mora

"Ler é sonhar pela mão de outrem." Fernando Pessoa

Biblioteca Escolar do Agrupamento de Escolas de Mora

"Ler é sonhar pela mão de outrem." Fernando Pessoa

Dia Internacional Em Memória Das Vítimas Do Holocausto

PB Mora, 27.01.21

Hoje, 27 de janeiro, assinala-se o Dia Internacional Em Memória Das Vítimas Do Holocausto. A Visão Júnior lançou uma lista de títulos que podem ler e até (alguns) requisitar na nossa Biblioteca. Deixamos aqui o link para o artigo que começa da seguinte forma (não deixes de visitar):  

"Precisamente há 76 anos, no dia 27 de janeiro de 1945, os Aliados libertaram o campo de concentração de Auschwitz-Bikernau, onde mais de um milhão de pessoas foram assassinadas. Durante a Segunda Guerra Mundial, o regime nazi, liderado por Adolf Hitler, cometeu inúmeras atrocidades, muitas delas contadas em livros.[...]

Estas sugestões de livros que te deixamos vão ajudar-te a perceber como era o mundo no tempo dos teus avós e bisavós e, ao mesmo tempo, entender a importância de manter a democracia viva."

https://visao.sapo.pt/visaojunior/livros/2021-01-26-livros-para-leres-no-dia-internacional-em-memoria-das-vitimas-do-holocausto/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=livros-para-leres-no-dia-internacional-em-memoria-das-vitimas-do-holocausto

 

 

Pequenos Escritores 02

PB Mora, 21.01.21

A DUENDE DAS LÁGRIMAS

Era uma vez um menino chamado João, ele tinha 6 anos e adorava brincar. Hoje era sábado, ou seja, ia brincar imenso.

A primeira coisa que ele fazia todos os dias era tomar o pequeno-almoço, mas era sempre cereais e ele disse:

       - Outra vez cereais? Eu quero torradas e chá agora!

       - Chega! Não quero ouvir mais isso! - disse a mãe do João furiosa.

       Então quando a mãe do João saiu da cozinha, o João começou chorar, mas uma das suas lágrimas caiu no chão e ela começou a crescer. Apareceu uma duende e o João perguntou:

       - Quem és tu?

       - Eu sou a duende das lágrimas e quero-te mostrar uma coisa no teu jardim. - respondeu a Duende das lágrimas.

       Então foram ao jardim da casa do João e lá havia uma porta que o João nunca tinha visto.

    Atrás daquela porta havia uma longa escada, quando acabaram de a descer viram um coração feito de lágrimas, mas ele estava pela metade e a duende das lágrimas disse:

       - Este coração é feito de lágrimas de arrependimento ou de alegria.

      Mas lá perto havia uma cabana e dentro dela tinha vários duendes a chorar. Eles choravam de tristeza.

      A duende das Lágrimas disse que aqueles duendes estavam tristes com o comportamento do João.

       Depois disso, voltaram lá para cima e a duende desapareceu.

     O João foi comer os cereais e chorou de arrependimento à mãe e foi assim que o João completou o coração das lágrimas.

Júlia.png

 

Pequenos Escritores - 01

PB Mora, 20.01.21
[A produção escrita apresenta desafios e exigências várias aos alunos e aos professores que os motivam e orientam no desenvolvimento dessa prática. Ao longo do tempo vamos publicar textos dos nossos Pequenos Escritores.  
Parabéns a todos os que se empenham e arriscam na produção e na divulgação dos seus textos. 
Da Escola Básica de Cabeção vem o primeiro texto.]
 

A carta a um turista

Cabeção, 16 de novembro de 2020               

        Olá, olá, estou aqui para lhe indicar que deve vir passar férias na minha terra, chama-se Cabeção é uma reserva de natureza inacreditável.

        Tem muitas, muitas árvores e coisas muito bonitas.

     Falando agora do parque ecológico do Gameiro tem passagem para a ribeira Sorraia, tem um campo de futebol na areia, tem um café espetacular que serve bebida e comida, etc. e ainda tem a mata, é linda! Tem natureza da mais bonita que há, metros e metros de natureza!

        Espero que tenhas gostado, beijos.

   

Nicole.png

 

Pág. 1/2